Tecsolo Laboratório de - Análises Agronômicas

Laboratório de Análises Agronômicas

Referência em análise, excelência em qualidade.

Você está navegando: Início / Serviços


Serviços


Realizamos análise de solo, folha, corretivo, fertilizante, resíduo orgânico, ração e sal mineral.

Segue abaixo algumas informações sobre nossos serviços (análise de solo, tecido vegetal, corretivos, fertilizantes, rações e sais minerais).



Elemento Essencial

Elemento essencial é aquele que, na sua ausência, a planta não completa seu ciclo vital; que possui deficiência específica, sendo que esta só pode ser prevenida ou corrigida mediante ao seu fornecimento e que está diretamente envolvido na nutrição da planta, sua ação não sendo conseqüência da correção eventual de condições químicas ou microbiológicas desfavoráveis do solo ou do meio de cultura.

Dos elementos químicos encontrados na natureza apenas 16 são considerados essenciais, sendo eles: C, O, H, N, P, S, K, Ca, Mg (Macroelementos) e Fe, Zn, Mn, B, Cu, Mo, Cl (Microelementos).

Fertilidade do Solo

É a capacidade que tem um solo de ceder elementos químicos essenciais aos vegetais. Portanto, trata-se da interação entre o solo e a planta.

Para um solo ser considerado fértil o elemento presente no mesmo precisa estar em forma que permita sua absorção pelas plantas, bem como estar em quantidade tal que o efeito no vegetal e a interação com os demais elementos sejam sempre positivos. O elemento precisa ainda estar em local que permita ser absorvido pelas plantas e estar em quantidade disponível adequada aos requerimentos das plantas, durante o ciclo das mesmas.

Equilíbrio

Com as adubações procuramos manter ou aumentar a riqueza do solo em Matéria Orgânica e em nutrientes, de tal forma que as deficiências do solo sejam corrigidas no sentido de se obter um equilíbrio adequado às exigências das culturas e à potencialidade produtiva local.

Cuidados no manuseio e acondicionamento de amostras

A amostragem tem como finalidade estimar parâmetros de uma população com precisão que satisfaça às necessidades do uso das informações ou estudo específico, a um custo mínimo.

Considerando que as análises no laboratório são feitas a partir das amostras coletadas, estas devem ser o mais representativas possíveis da população porque nenhum resultado é melhor que o verdadeiro resultado da amostra, portanto, nada que seja realizado no laboratório melhora a qualidade do resultado por sobre a qualidade da amostra.

Toda coleta de amostra deve seguir rigoroso critério para que realmente possamos extrapolar o resultado da sua análise para a população total.

Nada adianta realizarmos uma coleta de amostra representativa, seguindo toda metodologia adotada se, na hora de acondicionarmos e remeter as amostras ao laboratório, não termos critérios.

A identificação individual destas amostras é parte da segurança e confiabilidade do processo como um todo. Caso não se realize a correta identificação, perde-se a referência e, com isso, todo o trabalho realizado anteriormente.

É de suma importância que as amostras sejam encaminhadas ao laboratório com menor tempo possível após a coleta, para que as mesmas possam ser devidamente preparadas e analisadas.

Importância da Análise de Tecido Vegetal

A análise de plantas integra os efeitos do solo, planta, clima e manejo.

Com a análise química do tecido vegetal podemos identificar aqueles nutrientes que estariam limitando o crescimento, desenvolvimento e produção das culturas, permitindo desta forma calibrar e recomendar a adubação.

A análise química foliar se baseia na premissa de existir uma correlação positiva entre o suprimento de nutrientes e suas concentrações na planta e, que aumentos ou decréscimos nestas concentrações, se relacionam com produções maiores ou menores.

Importância da Análise de Corretivos

A necessidade de calagem (NC, em Kg/ha) é a dose de corretivo necessária para atingir a máxima eficiência econômica de definida cultura, o que significa ter definida quantidade de cálcio e magnésio disponíveis no solo e condições adequadas de pH para disponibilidade de nutrientes em geral.

A determinação da quantidade de calcário a ser utilizada depende, de modo geral, da superfície de terreno a ser coberta pela calagem, da profundidade de incorporação e do poder relativo de neutralização total (PRNT, em %) do calcário. Desta forma, é de suma importância realizar a análise química do corretivo a ser usado, para que se possa definir a dose a ser aplicada e verificar se as exigências de cálcio e magnésio serão devidamente atendidas.

A importância da Análise de Fertilizantes / Resíduos

A quantidade de determinado nutriente a ser fornecida via adubação se dá com base nos resultados das análises de solo, juntamente com os dados da cultura em questão e nível tecnológico adotado.

Os adubos possuem garantias mínimas de nutrientes, fornecidas pelos fabricantes. Algumas vezes estas garantias não são atendidas e, caso se faça o uso destes adubos em questão, os teores recomendados de nutrientes também não serão atendidos. É comum também o uso de resíduos orgânicos como fonte de nutrientes.

Portanto, para termos segurança de que a quantidade de fertilizante e/ou resíduo orgânico a ser aplicada irá atender às quantidades de nutrientes recomendadas é fundamental a análise química dos mesmos.

Um correto manejo da fertilidade do solo é responsável pela maior parcela - em alguns casos acima de 50% - dos ganhos de produtividades obtidos com o uso das praticas culturais recomendadas para as diversas culturas.

A importância da Análise de Rações e Sais Minerais

Quando se fornece um suplemento alimentar aos animais, o ponto de partida é a exigência nutricional destes animais. Logo, para o produtor definir a quantidade e qual formulado de ração ou sal mineral a fornecer é necessário que ele saiba os teores dos elementos presente em tais materiais.


©2008 - Tecsolo | Todos os direitos reservados.

desenvolvido por: Ceres Sistemas